Tudo sobre carboidratos, açúcares e gorduras – Blog da Dominique do Valle
BELEZA E CUIDADOS

Tudo sobre carboidratos, açúcares e gorduras

Olá, pessoal! Tudo bem?

Hoje vim falar para vocês sobre a diferença entre carboidratos, açúcares e gorduras. Afinal, já chega dessa “vilanização alimentar“, principalmente em torno destes três itens que são sempre citados como grandes vilões da dieta e da saúde.

É muito importante que saibam que cada um deles são essenciais para uma vida saudável, equilibrada e o bom funcionamento do organismo quando consumidos na medida certa. Afinal, uma vida saudável depende de nutrientes de diferentes grupos alimentares.

A função das gorduras, por exemplo, é criar reserva de energia para o corpo. Além ser nosso isolante térmico, dão eficácia às proteínas e carboidratos, à sintetização de hormônios e na formação de membranas das células.

E digo mais, as gorduras monoinsaturadas (azeite, abacate e amendoim) e as poli-insaturadas (óleo de girassol e de milho) previnem doenças cardiovasculares. Claro, que se consumidas adequadamente.

E aí, ainda está achando que gordura faz mal?!

Já os carboidratos, nos proporcionam energia e glicose, que é indispensável para o funcionamento do cérebro.

Agora vamos esclarecer uma coisa para quem ingere fibras como se não houvesse amanhã: as fibras são tipos de carboidratos e por não serem digeríveis, não causam pico do índice glicêmico, mas em quantidade pode engordar. O lado bom das fibras é que ajudam na redução do colesterol alto, prevenção de doenças cardíacas, auxiliam o intestino, e diminuem o risco de diabetes do tipo 2.

E o açúcar, que assim como a fibra, é carboidrato, está presente em diversos alimentos de forma natural, como a frutose e sacarose. Infelizmente, ele não só está presente em frutas e alimentos naturais, ele é muito utilizado pela indústria alimentícia com variados intuitos, como conservante, atenuante de acidez, ressaltador de sabor, entre outros, e até como forma de viciar, já que o açúcar é o grande responsável pelo hormônio chamado serotonina.

Acredita-se que a frutose é a forma mais vilã do açúcar, pois é a mais presente nos alimentos do nosso cotidiano, inclusive nos taxados como “fit”! Agora você entendeu pq só come produtos ditos “fit” pela indústria alimentícia e não consegue nunca chegar ao resultado desejado??

Se você não sabe pq fica tão feliz quando ingere doce, te explico agora. Ao ingeri-lo, o corpo produz serotonina, que dá aquela alegria momentânea, prazer, enfim.


  • Tá, mas qual a diferença entre eles?

Apesar de gerar muita confusão, os carboidratos não são gorduras! Nem mesmo os açúcares, que como já citei, são carbos.

Contudo, existem muitas coisas que os diferenciam, como a forma de absorção, por exemplo.

O carboidrato faz parte da família dos nutrientes, têm os simples (batata) e os complexos (batata doce). Os simples são os açúcares, divididos em monossacarídeos e dissacarídeos; já os complexos, são todos polissacarídeos (amido= batata doce – fibras= integrais).

A digestão dos carboidratos os transforma em glicose, que fornece energia para as células, rapidamente.

No caso da gordura, que faz parte da família dos nutrientes (lipídeos), que são compostos pouco solúveis em água (o que de certa forma é visível a olho nu). Os lipídeos, por sua vez, são classificados como triglicérides, (óleos e gorduras), fosfolipídios (lecitina), esteróis (colesterol) e vitaminas lipossolúveis.

Além de óleos e gorduras, as triglicérides são compostas por glicerol e ácidos graxos, divididos em saturados, monoinsaturados e poli-insaturado.


  • Como faço para aplicar esse conhecimento ao comprar meus alimentos?

Como já deu para perceber, cada grupo de nutrientes tem seus nomes e seus subgrupos, e isso causa a maior dúvida na hora de escolher os alimentos, não é?

A palavra mais evidente o rótulo de qualquer produto é “caloria”, que por sua vez já foi a grande vilã da história! Ou você nunca contou calorias para tentar emagrecer?!

Acontece que “caloria” nada mais é do que a energia que o corpo humano utiliza, proveniente de qualquer alimento. Ou seja, ela representa a quantidade de gorduras, proteínas e carboidratos de cada produto.

Nos rótulos, o carboidrato aparece como “totais”, isto é, de fibras e açúcares. Além das calorias, pode-se verificar na lista de ingredientes das embalagens, que informam até o tipo de açúcar utilizado em sua produção.

Quanto as gorduras, são mostrados os valores totais e os índices de gorduras saturadas, colesterol e de gordura trans (que são um veneno).

Gorduras saturadas são gorduras de fonte animal, como a da carne bovina, bacon, advindas do leite, pele de frango, do salmão, etc.

E, por fim, o colesterol, que está presente nas vísceras, digamos assim, como o fígado, por exemplo, também na gema de ovo e nas gorduras de produtos do leite.


 

Restou alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Um beijo,

Domi.

Siga-me nas redes sociais:

social_medias

 

 

Você também vai gostar!

Sem Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.