Dieta da Proteína (Paleolítica) – Blog da Dominique do Valle
BELEZA E CUIDADOS LIFESTYLE

Dieta da Proteína (Paleolítica)

).push({});

Ok. Já escrevi demais. Querem saber logo sobre essa alimentação que afinal está no nome do post?? Vem comigo!


 

Qual o conceito dessa dieta?

Bom, para não soar estranho, imagine que vive na Era Paleolítica, láaa nos primórdios… como os “homens das cavernas“. Imaginou?! Então, é fácil compreender que não existem máquinas agrícolas, indústria alimentícia, nem instrumentos de culinária. Certo? Isso significa que comer não é uma diversão, passa-tempo, ou desejo! Comer é ter fome, necessidade para sobreviver.

Agora pense, se não tem máquinas e nada parecido, como comer grãos? Massas? Doces feitos com açúcar branco? Não daria. Isso pq eu, você e nem os “uga-bugas” precisavam dessas “coisas” (que chamamos de alimentos) para sobreviver. Eu sei, é triste (e real)!

E sabe o que é mais triste ainda? É saber que eles viviam melhor nas cavernas do que nós! Por isso, foram feitos muitos estudos e chegou-se a conclusão de que não precisamos de NADA dessas coisas para sobreviver. Ah, não quero dizer para enterrar sua Nutella! Só que precisamos de um equilíbrio para termos saúde. Não crucifico jacadas. EU JACO! E assim vamos seguindo felizes… Só não ache normal “meter o pé na jaca” todos os dias. Ok?! Ok.

Como já era de se esperar, tão simples quanto àquela era que dá o nome, é a dieta em si. Devemos comer basicamente o que era acessível aos “viventes” das cavernas. Por favor, não saiam por aí caçando! haha. São necessárias algumas adaptações, afinal, se não houvessem, de que serviria a evolução?! Antes de achar tudo isso muito louco, veja que tudo isso faz total sentido, caso contrário nós não estaríamos aqui hoje.

Daí você pode pensar: “ah, mas isso é tão distante…faz tanto tempo que mudamos a alimentação humana.” E eu responderia: “Lembre-se que as comidas mudaram a muito menos tempo do que o ser humano existe na Terra.”


 

Como funciona?

Esta dieta tem como base controlar o nível de insulina no sangue. Já ouviu falar no “hormônio do metabolismo” (leptina)? Ele que auxilia no controle da pressão arterial, colesterol, triglicérides e armazenamento de gordura. Ou seja, quanto mais leptina, menos fome; quanto menos leptina, mais fome. (Posso falar sobre isso em outro post). Em outras palavras, como já comprovado por cientistas, os carboidratos são os responsáveis por induzir o organismo a produzir insulina, e altos níveis de insulina prejudicam a “quebra” dos depósitos de gordura no corpo humano. E a uma ingestão menor de carbo, mantém baixos os níveis de insulina, que gera a produção do hormônioglucagon” (responsável por usar transformar a gordura em energia para o corpo) AQUI QUE ENTRA O BACON <3. E isso gera a perda de peso! Não é FANTÁSTICO?? #bacontente #barrigadebacon #menosrotulos


 

Dúvidas? Sugestões? Escreva nos comentários que responderei!

Um beijo!

#TeamDomi

SIGAM-ME NAS REDES SOCIAIS:

 

social_medias

Você também vai gostar!

3 Comentários

  • Reply Barbara 31 de mar de 2016 at 04:31

    Obrigada. Quero fazer. Vais partilhar algum plano para os 14 dias que vem pela frente? Estou ansiosa por começar 😃

    • Reply Dominique do Valle 31 de mar de 2016 at 15:30

      Olá, Barbara! Da uma olhadinha nesse link aqui do site que tem algumas opções completas de refeições. Desde o café da manhã até a ceia. E Lembre-se como quando tiver fome e para quando saciar. 😉 Essa é a regra n1 para um corpo saudável. Um beijo, Domi.
      http://www.coisasdachloe.com/dieta-da-proteina-fase-l/

      • Reply Winter 6 de jan de 2017 at 03:46

        What’s it take to become a sublime exdponuer of prose like yourself?

    Deixe uma resposta para Winter Cancelar reposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.