Férias na Disney!? Só que não! - Blog Dominique do Valle
LIFESTYLE

Férias na Disney!? Só que não!

Ai, ai, enfim a melhor época do ano…dezembro, férias e Disney! Só que não! É, minha gente, a crise pegou mesmo e já tem gente improvisando as férias e desfrutando dos genéricos… Nãaao, não estou falando em remédio! Pelamor! De genérico aqui só os parques para substituir as férias na Disney.

É fato que comprar passagens para os States (assim como para qualquer outro lugar do planeta) continua 27051990 vezes mais barato do que para viajar dentro desse Brasilzão, porém, quando se fala em viagem, inclui-se hospedagem, aluguel de carro, COMPRAS <3, sem falar em comida e demais itens de sobrevivência. E pensando por este lado, é muito melhor gastar em real do que em dólar, convenhamos. Mesmo para você que, assim como eu, quando viaja gasta em “dinheiros”, independente da moeda do local. Sim, pq se for converter não dá vontade de comprar NADA além de um cofrinho bem seguro para guardar todo o dinheiro.

Enfim, depois de pesar tudo isso, muitas famílias aderiram aos parques que temos neste país que não está valendo nada, assim como o João Neto & Frederico ou seria Henrique e Juliano?! (“ahh, eu não tô valendo nada…Vish…”) e resolvendo curtir por aqui mesmo. Não são muitas as opções, como a Disney oferece diferentes tipos de parques, incluindo atrações aquáticas, vou citar alguns aquáticos também, tá? Vamos lá…

 

HOPI HARI

Slogan: O país mais divertido do mundo. 

O Hopi Hari é um parque temático brasileiro localiz… BRINCADEIRINHA! Quem mora em São Paulo e região já deve conhecer ou ter ouvido falar deste queridinho. Bem, ele fica no Município de Vinhedo, interior de SP.

Aberto há 16 anos, mais velho que alguns de vocês, com inacreditáveis 760 mil metros quadrados de pura diversão (um dos maiores parques da América Latina), tem aproximadamente 51 atrações e 7 montanhas-russas! Sim, o parque é lindo e tem um ar encantado, com direito a desfile de encerramento do parque. Ah, para refrescar tem brinquedo que molhaaa! SPLASHHH.

Tem lojinhas de produtos Hopi Hari, restaurantes típicos de parques, estacionamento, guarda-volumes, e muita alegria.

Dica: Quando fui estava nubladão, então nem pensei em passar protetor. Resultado… nas fotos tiradas no final do dia eu parecia um camarão. Usem protetor, galera!

Não tem local para hospedagem, mas isso não é um problema, pois ele fica na beira da Estrada, onde deve ter alguns hotéis próximos, inclusive, em frente ao parque, do outro lado da pista tem o hotel que fiquei e indico: Quality Resort & Convention Center Itupeva.

É o parque “seco” (sem ser aquático. Ora, vocês me entenderam que eu sei…) mais barato citado aqui, porém, também é o que abre mais tarde e fecha mais cedo, o que acaba deixando elas por elas, uma entrada sai cerca de R$ 72. Tem desconto se comprar para mais de um dia e, no site tem mais combos e informações sobre a programação.

Endereço: Km 72,5 da Rodovia do Bandeirantes

Site: www.hopihari.com.br

 

 

WET’N WILD

Este parque que tem em diversos lugares do mundo, incluindo Orlando e… SP! Sim, só podia, né. Hahaha. Até tentaram fixar a rede no RJ e em Salvador, mas não vingou 🙁 Esta unidade de Vinhedo-SP fica coladinho no Hopi Hari, o que é bem legal pq você pode ir um dia em cada.

Sem contar que nesta região tem um grupo chamado Complexo SerrAzul, que engloba, além destes dois parques, o hotel que citei, um shopping Serra Azul, o Outlet Premium Itupeva (ouvi outlet? :D), e uma Fazenda Serra Azul.

O valor de um ingresso varia entre R$85 e R$105, de acordo com o dia da semana escolhido. No site tem combos para quem vai com mais pessoas. 🙂 Ah, para quem pretende ir no finalzinho de dezembro, o parque oferece pacote de reveillon com direito a camarotes e pool party!

Endereço: Deixe de preguiça e olhe o do parque acima, pq é o mesmo! Hunf.

Site: www.wetnwild.com.br

 

 

BETO CARRERO WORLD

O Beto Carrero, apesar de ter muito admiradores, me decepcionou um pouco. Mesmo assim, tenho que falar dele aqui pq minha opinião é muito humilde comparada a notoriedade deste local. Este parque que tem aproximadamente a metade da idade da Disney, claramente foi inspirado nela e, até aqui, tudo bem! (Oba! Viva! Maravilha!) Acontece que com o passar do tempo ou, provavelmente com a “passagem para o outro lado” do senhor João Batista Sérgio Murad, mais conhecido como Beto Carrero, o parque foi se tornando cada vez mais infantil e acabaram por esquecer dos adolescentes mais “crescidinhos” e adultos. O fato é que não tem muitas opções para nós. A única que chama atenção é a Fire Whip, que dá para avistar de longe. O local tem impressionantes 14 milhões de metros quadrados, sendo apenas 4 milhões de área construída.

Contudo, é um parque bem temático. Dividido em mundos, assim como os parques da Universal. Tem muitas atrações e shows. É mais para um dia relax do que para diversão e adrenalina. Fui em um dia muito quente, o sol torrava enquanto pulava (com muito protetor) de um show para o outro (até Madagascar assisti), para ficar no ar condicionado e, só pensava em ir embora pq dali iria passar uns dias em Camboriú. \o/ Acabei saindo do parque por calor (e tédio) antes do encerramento.

Calma gente, eu não odiei! Só achei que deveria ter mais brinquedos para adultos. Para quem gosta de sossego, vai adorar os shows, o teleférico, as comidinhas, decoração e uma espécie de museu do Beto que, além de ter um ar condicionado geladíssimo <3 mostra objetos dele, como roupas de shows, carros, etc. Cenários ilustram sua casa, camarim, e assim por diante conforme vamos andando pelo grande salão e aprendendo sobre a vida dele. Ah, olhando com curiosidade cada detalhe das bens dele, cheguei a conclusão que ele e a Paula Fernandes formariam um perfeito casal de acordo com a bregu…digo, com o gosto peculiar de ambos. Já shippei o casal, quem sabe lá no céu eles se encontram, né?!

Para a galera radical (o que não é o meu caso) indico o mundo “Aventura Radical”, o nome já diz tudo. Ali estão os brinquedos “legais”. Ah, na entrada tem a opção de passear de helicóptero que, se não me engano, saia pela bagatela de R$ 100 (fora o ingresso).

Dica: Além de usar protetor, claro. FUJA dos shows no palco principal (mesmo que o show de natal do Sherek lhe pareça muito fofo) se estiver muito quente torna-se insuportável assistir qualquer coisa com milhares de crianças gritando.

Não posso deixar de falar que é tudo muito bonitinho. Lá tem estacionamento, muitas opções de restaurantes dentro de uma praça de alimentação muito fofa em forma de carrossel, lojinha com produtos Beto Carrero, guarda-volumes e até caixas eletrônicos.

Tem variação de valores na entrada de adultos e crianças, uma entrada adulta custa em torno de R$ 96 e uma infantil, R$ 82. Veja demais tipos de entradas e funcionamento do parque, no site. Eles têm diversos pacotes, achei muito amor que tem até para idosos.

Endereço: Rua Inácio Francisco de Souza, 1597 – Bairro Armação – Penha/SC

Site: www.betocarrero.com.br

 

 

BEACH PARK

Ahhh, Fortaleza, sua linda! Gente, pelo menos uma vez na vida tem que ir no Beach Park. Para mim, é o melhor parque aquático!! E o slogan já diz tudo: “A onda é ser feliz agora”.

O parque acabou de fazer uma mega campanha e festa de reinauguração e entre os convidados ilustres estavam Anitta, Plugiesi, a ex-pequena Maisa (rsrs), e muitas outras celebs, bloggers e youtubers. Deu para acompanhar tudinho pelo Snapchat. 😉

É tipo o paraíso em mais de 200 mil metros quadrados. Um parque cheio de diversão e, acreditem, à beira mar! Ou seja, vale duplamente a pena ir subindo os tobogãs e enfrentando as filas até o alto, além de ter chegado a sua hora de escorregar, ainda curte uma vista linda. Show!

Beach Park, o maior parque aquático da América Latina, fica localizado na região metropolitana de Fortaleza, na praia de Porto das Dunas, 26 km da Capital. O bairro que abriga este queridinho é muito bacana e com casas para aluguel de temporada. Além do parque e seus (pasmem!) quatro resorts, a rede oferece lounges e restaurantes, tudo isso na beira da praia, que tem uma extensa faixa de areia e é rodeada por coqueiros, dando um visual incrível. Atendimento e comida excelentes.

E não esqueça, a cidade é pertinho, em 26 km tem restaurantes, bares (que por sinal tem ótimos na avenida principal da praia), ou shopping.

People, não tenho info sobre estacionamento, pois aluguei casa há alguns metros dali, então não houve necessidade de ir de carro. Lá tem restaurantes e é tudo muito organizado. Sinto informar que também não me lembro se tem lojinhas lá dentro. Aproveitei até o último segundo lá! Hehehe.

O valor de uma entrada adulta fica aproximadamente R$ 195 e, uma infantil, R$ 185. Não esquecendo que o valor desse e de todos os outros parques variam de acordo com as datas/temporadas.

Também oferecem pacotes com aéreo e hospedagem nos hotéis da rede. Você pode conferir na aba “pacotes”, além de descontos especiais, no site deles. O parque promete 230 dias de diversão e, geralmente fecha quartas e quintas-feiras. O único ponto negativo é o horário de abertura, e inevitavelmente, o de encerramento (pq o sol vai embora cedo), funciona das 11h às 17h.

Endereço: Rua Porto das Dunas, 2734 – Porto da Dunas – Aquiraz/CE

Site: www.beachpark.com.br

Outra dica é ir ao Crocobeach, localizado na famosa praia do Futuro, é uma espécie de complexo que une praia, bar e piscina, tudo isso em um ambiente seguro e familiar. Não tem coisa melhor do que sol, uma praia linda e todo o conforto e segurança que este lugar oferece. Sem contar nos serviços inusitados como jet bronzeamento, banho de lua e massagem relaxante. O Croco também tem pacote de Reveillon com direito a bandas e comes e bebes.

Confira mais infos no site: www.crocobeach.com.br

 

THERMAS DOS LARANJAIS

O melhor da região sudeste! Gente, sério… esse lugar me surpreendeu. Ótimo para ir com a família. Fica no interior de SP, na cidade de Olímpia, conhecida como a capital do folclore (não que esta informação seja relevante, né… a não ser que você curta o curupira e cia).

Quase todo final de ano marco presença lá e, quando não vou sinto falta. Juro, o local é tão gostoso e tem tantas atrações que o melhor é dividir o passeio em dois dias para conseguir conhecer o parque todo. Não tem como enjoar! Quando você cansa de brincar, para em alguma piscina diferente para descansar e, para os maiores de 18 tem as piscinas com bar.

Não deixe de ir na piscina com ondas, pegue uma bóia e se jogue!

(Aliás, acabaram de inaugurar outra, só ainda não sei se há diferença, mas em janeiro contarei para vocês); no “mar de Israel” piscina que simula o mar vermelho, é tãaao salgada que nem que você queira, não tem como afundar. (Acreditem, ainda assim tem gente que se afoga. Por isso não ache estranho ter salva-vidas na “piscina que não afunda”. Hahaha); toda vez que precisar recarregar as energias, dê uma descansada na piscina natural, com água morninha, pedras redondinhas no fundo e jatos relaxantes de água que vem de baixo dessas pedras.

A minha parte preferida desse parque é pq ele satisfaz a família toda. Tem tobogãs radicais, tem aqueles que servem só para dizer que fomos (meus preferidos), os de dupla, o surf, o rio da correnteza (com onda surpresa), tem as atrações em grupo, a parte infantil com diversos brinquedos, e os mais variados tipos de piscinas. Sem contar nos quiosques de palha para a família ou o grupo se acomodar com conforto e clima de praia, tem até areia no chão!

Quanto a alimentação, o parque oferece não só tendinhas de variados tipos de lanches como crepe, sorvete, hambúrguer, mini pizza, etc., mas também bares e restaurantes com cozinhas nacionais e internacionais.

Estacionamento amplo, lojinhas, guarda-volumes e vestiário.

A dica é comprar o ingresso no site, caso não consiga, compre nas tendinhas que ficam em frente ao parque. O parque faz tanto sucesso, que o número de pessoas é proporcional ao tamanho do parque, então, se não curte filas, o melhor é ir contra a maré e evitar horários de pico para almoçar, recolher seus pertences do guarda-volumes e para devolver o cartão-comanda no caixa.

O Thermas tem um resort dentro da área do parque, que indico para quem for passar tipo uma semana, se for passar um dia ou um final de semana, pode aproveitar os hotéis próximos, que muitas vezes já vendem os ingressos do parque. Como a cidade é pequena, não tem grandes hotéis. Mas não se preocupe, não é difícil achar acomodação em hoteizinhos novos (e limpinhos). Outra opção é fazer como eu na última vez que fui, dormi em São José do Rio Preto que fica cerca de 58 km de Olímpia, garanto que foi a melhor escolha de todas as vezes, pois dormimos em um hotel da rede Arco, que é simples, moderno e funcional. Com esta escolha pude conhecer o Riopreto Shopping Center e jantar um delicioso sushizinho, tomar um bom café da manhã e aproveitar o dia de parque. 🙂

Um ingresso adulto fica entre R$ 60 e R$ 100, o infantil custa só R$ 10. Tem meia entrada que também varia entre R$ 30 e R$ 50, de acordo com dia da semana/temporada. O melhor de tudo é que como o por do sol nesta região acontece mais tarde, o parque só fecha às 20h! Ah, e abre cedinho!

Endereço: Av. Do Folclore, 1543 – Olímpia/SP

Site: www.termas.com.br

 

É isso, people! Espero que tenham gostado das minhas dicas e opções. Qualquer dúvida, comentem aqui.

Se aceitarem meu convite e forem até um parque desses, comentem o que acharam!

Boas férias (e espero que tenham passado de ano)!

Você também vai gostar!

Sem Comentários

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.