Fim de Semana na Serra – Visita a Vinícola Casa Valduga – Blog da Dominique do Valle
LIFESTYLE

Fim de Semana na Serra – Visita a Vinícola Casa Valduga

Olá, pessoal! Tudo bem com vocês?

Quem acompanha meu Instagram (@adomidovalle) e Snapchat (dovalledomi) viu que no fim de semana passado estava na Serra gaúcha. Onde reencontrei amigos, revistei lugares e conheci coisas novas. Foi tanta coisa junta que é assunto para mais de um post! Por isso, hoje falarei apenas da visita a Vinícola Casa Valduga, que fica localizada no Vale dos Vinhedos na cidade de Bento Gonçalves – RS. Vamos lá?

Bom, depois de passar a sexta-feira e sábado em Caxias do Sul – RS, domingo foi dia de tomar café com nossos amigos e partir para Bento Gonçalves que fica mais ou menos meia hora de Caxias. Ao sair de estrada e seguir caminho rumo ao Vale dos Vinhedos, onde se encontram as diversas vinícolas e afins, já se pode ir admirando a linda paisagem local. Rodeada por morros, parreirais e muito verde, Bento é só amor.

Vejam uma amostrinha do que se pode encontrar no caminho:

Caminho_Bento

 

Já no Vale dos Vinhedos, finalmente chegamos a Casa Valduga:

Casa_Valduga

A Casa Valduga é a minha preferida no Vale dos Vinhedos. Cada detalhe deste lugar é inesquecível, o local em si, o atendimento, os vinhos e a comida. Ao chegar, nos dirigimos a recepção para agendarmos nosso passeio que acontece no subsolo, onde abriga toda o maquinário de produção das bebidas até a rotulação. Lá embaixo também é o local onde armazenam seus produtos com temperatura ambiente ideal para todas as bebidas.

Antes de conhecermos mais o local, fomos almoçar no restaurante Maria Valduga que fica lá dentro mesmo! O restaurante recebeu este nome em homenagem a matriarca da família, bem como um lote de vinho. Como o restante da propriedade, o restaurante é um lugar lindo e aconchegante. Todo em pedras, com lindos lustres e um teto imponente trabalhado nas folhas das uvas. Claro que não poderia faltar uma boa adega!

Maria Valduga Ristorante:

MV_2

Um brinde a paz que este lugar proporciona!

MV_3

O restaurante oferece um único modo de serviço, vulgarmente conhecido como “rodízio italiano”, que nada mais é do que entradas típicas, como este pãozinho com pasta de berinjela, seguido de sopa de capelete e uma sequências de massas finas diversas, galetos e costelinhas de porco com geleia de morango e pimenta e dois tipos de sobremesa (Quem viu o vídeo que postei neste domingo 13/03, já sabe que escolhi o sagu, né!). O serviço é maravilhoso, assim como a comida e o vinho. Esta sequência (rodízio) custa aproximadamente R$ 80,00 reais por pessoa.

MV_1

Maria Valduga

Reparem no teto! A luz ficou um pouco estourada, mas ainda dá para ver algumas partes que simulam as ramificações de uma folha de parreira. Ao fundo uma foto da matriarca Maria Valduga, que como disse ali em cima, recebeu não apenas o nome deste restaurei, mas um lote do vinho mais caro da casa que não sai por menos de R$ 17.000 reais na própria vinícola. Além de ser um vinho especial, suas garrafas tem um cuidado todo diferenciado. As garrafas são polidas a mão e sua rotulação também é todas artesanal. Como se já não fosse suficiente, os rótulos são todos trabalhados em ouro amarelo.

Apreciem a delicadeza desse trabalho:

Lote Maria Valduga

Após o almoço fomos dar uma volta pela propriedade que abriga vários prédios de pedras, muito verde e lindos parreirais.

CV_1

_DSC4955 _DSC4908

Logo depois foi iniciado nosso passeio que custa R$ 40,00 por pessoa, dura cerca de 1h, período em que andamos pelos corredores da fábrica, conhecendo mais sobre seus vinhos e os degustando. A vinícola também oferece um curso (com diploma e tudo) para os amantes de vinhos. (Informe-se sobre datas e horários de disponibilidade).

CV

Luiz Valduga é o patriarca da família.

CV

 

CV

CV

CV

CV

_DSC4885

CV

_DSC4902

Neste local ficam algumas instalações da fábrica, incluindo a loja com todos os vinhos e espumantes da marca._DSC4950

Ainda no Vale dos Vinhedos, mas não dentro desta propriedade, há a loja de geleias e outros produtos que não bebidas, chamada de Casa Madeira. Aqui onde moro compro as geleias da marca no Bourbon.

 

Gostaram do passeio? Tirei bastante fotos para vocês terem noção de como é o local.

Beijos!

 

Você também vai gostar!

Sem Comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.