PALEO – MINHA ALIMENTAÇÃO – Blog da Dominique do Valle
BELEZA E CUIDADOS LIFESTYLE

PALEO – MINHA ALIMENTAÇÃO

Olá, gatas garotas! Tudo bem?

Segunda-feira é dia de falar de alimentação, saúde e bem-estar. O assunto de hoje envolve muitas dúvidas e questionamentos que recebo. Vocês sabem que minha alimentação é a Paleo Low Carb, sempre falo por aqui, no meu Instagram, Snapchat e até no canal.

O que muitas não sabem é quais são os alimentos que fazem parte deste modo de vida. E é sobre isso que converso hoje. Vamos lá?

Em primeiro momento, vamos esclarecer uma coisa. Há quem chame esta alimentação de “Dieta Paleo Low Carbo”, sinceramente, prefiro não utilizar o termo “dieta”, pois ele imprime uma conotação errada. Paleo é muito mais que uma dieta, é um tipo de alimentação, um modo de vida. Assim como existem os vegetarianos, veganos, enfim. Ok?!

Apesar do nome ser complicado para os novatos, garanto explicar de uma forma bem simples. Na verdade, poderia até resumir em duas palavras: sem carboidratos. Mas, isso não seria o suficiente para compreender. Então, vejamos:

minha-paleo-1

minha-paleo-2

Com estas primeiras informações, resumi facilmente o que é consumido nessa alimentação. Para quem já acompanha o blog, deve ter visto minha explicação sobre a história Paleo, meu emagrecimento e sugestão de cardápio. Para quem chegou agora, veja mais neste post aqui e no vídeo. É importante esta leitura complementar. Assim é possível entender que, na realidade, se pode comer tudo o que não é processado.

É bem simples, o que você puder pegar direto na natureza e comer, sem o auxílio de máquinas ou da indústria alimentícia, é permitido. Ou seja, comida de verdade, alimentos que existem exatamente para alimentar e nutrir, sem a necessidade de qualquer alteração industrial.

Evidentemente que deve temperar, cozinhar seus alimentos, se necessário e até mesmo poderá alterar naturalmente. O “pegar e comer” é só para dar alusão a Era Paleolítica. Atenção: Se o alimento passar por vários processos industriais, sofrer alterações por adição de químicos, por exemplo, nem pense em comer!

minha-paleo-3

  • OBSERVAÇÕES: 

OVO: É um alimento completo e sem contraindicações. Consuma todas as suas formas.

DICA: Ao fritar, prefira óleo de coco, manteiga (não margarina) e em última opção opte por óleos a base de grãos ou sementes, estes dois últimos não azem parte da alimentação.

VERDURAS E LEGUMES: Todos os tipos podem e devem ser consumidos. Proporcionam inúmeros benefícios, além de ser ótima fonte de fibras.

GORDURA NATURAL: Estes são alimentos chave para o processo de emagrecimento, visto que dão saciedade por mais tempo.

DICA: mantenha distância de gorduras “Não-naturais”, como margarina, gordura vegetal hidrogenada, óleos com origem em sementes e grãos.

TIPOS: Óleo de coco, manteiga, maionese e azeite de oliva.

OLEAGINOSAS: Os famosos “nuts” são permitidos e são uma excelente ideia! Como café da manhã, lanches ou para substituir os “salgadinhos”. Eu adoro e levo sempre um mix na bolsa. Bateu a fome, é só abrir e comer.

DICA: Fuja deles se forem caramelizados! E de preferência, escolha os sem adição de sal.

TIPOS: Amêndoas, castanhas de caju e do Pará, noz pecam e pistache.

minha-paleo-4

  • OBSERVAÇÕES:

RAÍZES: Aipim, beterraba, batata doce, cenoura, por exemplo.

FRUTAS: Banana, laranja, maçã, mamão, uva,…

LATICÍNIOS: O mais adequado é evita-los, se estiver em uma dieta paleo. Caso queira consumir, opte pelos full fat: queijos amarelos (têm quase nada de carboidratos, ao contrário dos queijos brancos às vezes possuem até adição de farinha em sua composição), leite sem lactose (a lactose é um tipo de açúcar do leite) e iogurtes normais (nada de procurar por “light” isso não existe! Iogurte é feito da gordura do leite, logo, e se light é “não ter gordura”o que danado tem dentro da embalagem?! Já tinha pensado nisso?) o melhor é fazer o iogurte grego caseiro (fica muuuito gostoso).

Resumindo, evite leite com lactose, e saiba escolher seu queijo, coalhada, iogurte natural e manteiga.

ÁLCOOL: Se consumido com moderação, não atrapalha o emagrecimento, visto que não gera o aumento de insulina. Ao ingeri-lo, prefira bebidas com pouco carboidrato, como vinhos e espumantes secos (com suave tem muita adição de açúcar). Evite cerveja.

Muitas pessoas estranham o fato de eu ter esta alimentação, justamente por falta de informação. É importante ressaltar que este texto é sobre minha alimentação, como já expliquei lá no início, e não sobre minha “dieta”. Claramente ninguém viveria de fazer dieta, mas não custa nada eu deixar claro, né?!

Além de eu ter falado, no início do texto, sobre a diferença entre dieta e alimentação, contei que nem sempre sigo uma low carb. Na verdade, sempre que posso, me mantenho na linha, porém, me permito consumir alguns alimentos com carboidratos complexos, como batata doce, arroz integral 7 grãos, feijão, etc. E algumas extravagâncias alimentares, às vezes, porque não sou obrigada a passar vontade! Haha.

Pois bem, o que interessa desse último trecho é dizer que existem duas formas de alimentação, uma para cada necessidade.

  • PARA EMAGRECER:

Evita-se o consumo dos itens listados como “consumir com moderação”. Ou seja, não se ingere carboidratos além de 23g diárias, que é o necessário para o organismo não perder massa magra.

  • PARA MANTER O PESO E A SAÚDE:

Se obtem com o consumo dos itens do texto, sempre que tiver fome. Respeitando o organismo e as regras desta alimentação, isso é essencial para o sucesso.

Meu nome

Você também vai gostar!

6 Comentários

  • Reply Suzi 21 de nov de 2017 at 13:24

    Os links prara o cardápio não está funcionando.

  • Reply PepBoys coupon 11 de maio de 2017 at 00:05

    Very well written story. It will be beneficial to everyone who utilizes it, including me. Keep doing what you are doing – looking forward to more posts.

  • Reply American Eagle deals 23 de jan de 2017 at 09:14

    Source on the money laundering?

  • Reply Aryane Montenegro 13 de maio de 2016 at 11:42

    Olá, como faz o iogurte grego caseiro? Estou te acompanhando e adorando suas dicas. Comecei hoje a paleo, e estou seguindo eu carpadio sugerido, será que consigo perder em 1 semana 4kg? hahaha beijoos

    • Reply Dominique do Valle 16 de maio de 2016 at 17:31

      Olá, Aryane! Já procurou um nutricionista? É importante fazer uma avaliação sua para saber se está apta para a dieta. Ok?
      O iogurte grego é bem simples de fazer, só demora um pouquinho. Posso fazer um post sobre isso. O que acha? 😉
      Quando se pratica a dieta paleo, o organismo entra em modo de alerta e queima todas as gordurinhas, visto que não se ingere mais carboidratos e açúcares. Ou seja, o emagrecimento é fato. Resumidamente falando. Contudo, algumas pessoas que fazem uso de determinados medicamentos, ou tem algumas doenças, como problema de tireóide, por exemplo, ou uma simples predisposição para reter líquidos, pode não obter a perda de peso desejada na balança. Consulte seu médico.
      Um beijo, Domi!

    Deixe uma resposta para Suzi Cancelar reposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.